Notícias

Imagem

Cinco tipos de alimentos que é melhor eliminar da sua vida

Comidas ricas em gorduras processadas, açúcar, sal, conservantes e realçadores de sabor estão associados ao surgimento de doenças sérias

ara ter uma vida saudável, é preciso prestar atenção, em primeiro lugar, ao prato. Alguns alimentos ricos em gorduras processadas, açúcar, sal e aditivos – como corantes, conservantes e realçadores de sabor – devem ser evitados. Essas substâncias são, na verdade, prejudiciais para o organismo e estão associadas ao aparecimento de doenças como diabetes, obesidade, hipertensão e câncer.

Mas não é preciso eliminar a batata frita da sua vida: é só optar por versões assadas ou feitas em fritadeiras elétricas. Há receitas mais saudáveis para a maior parte dos pratos, seja por meio de formas diferentes de preparo ou pela troca de ingredientes. Vale a pena investir em preparações feitas com gorduras boas, como azeite e óleo de coco, farinhas integrais e adoçantes naturais, como stévia e xilitol.

Confira, a seguir, cinco tipos de alimentos que devem ser evitados e como substituí-los na dieta:

1. Frituras em óleos vegetais

Alimentos fritos acabam ganhando calorias extras por conta da gordura usada para prepará-los. O consumo excessivo de óleos vegetais refinados pode prejudicar a saúde.

Alternativa Saudável
O melhor é fazer preparações grelhadas, assadas no forno ou em fritadeiras elétricas, que não utilizam óleo no preparo. A alteração reduz o número de calorias dos alimentos e o consumo de óleos.

2. Carnes processadas e embutidos

Carnes processadas ou embutidos, como salsicha, linguiça, presunto, peito de peru e mortadela, são ricos em gorduras ruins, sal, conservantes e realçadores de sabor, que comprovadamente aumentam o risco de problemas como pressão alta e câncer de intestino, por exemplo.

Alternativa Saudável
Deve-se trocar os embutidos por carnes in natura ou congeladas, de todos os tipos, como vaca, porco, frango, carneiro e peixe. Além disso, também pode-se consumir ovos e queijos para incrementar lanches e preparações proteicas.

3. Comida pronta congelada

Lasanha, pizza e yakissoba congelados costumam ser ricos em sal e gorduras ruins, elementos que ajudam a conservar o alimento e dar mais sabor, mas que acabam causando problemas como retenção de líquidos e aumento da pressão arterial.

Alternativa Saudável
A melhor alternativa é preparar suas próprias refeições em casa e congelá-las para utilizar durante a semana. É fácil ter frango desfiado ou carne moída congelada em pequenas porções e é possível congelar também alimentos como pães, frutas e legumes.

4. Tempero em cubos e molhos de soja

Temperos de carne, galinha ou legumes em cubos e molhos como os de soja e inglês são ricos em sódio, o composto do sal que causa aumento da pressão arterial. Além disso, muitos têm realçadores de sabor e conservantes que irritam o intestino e causam dependência gustativa.

Alternativa Saudável
Temperar os alimentos com ervas naturais e sal é a melhor alternativa para evitar molhos prontos. Também é possível aproveitar o caldo do cozimento do frango ou de carnes e congelá-los em cubos de gelo.

5. Refrigerantes

Refrigerantes são bebidas ricas em açúcar, aditivos, conservantes e realçadores de sabor e aumentam o risco de problemas no intestino, inflamação, aumento do açúcar no sangue, obesidade e diabetes.

Alternativa Saudável
Como alternativa, pode-se utilizar água com gás, gelo e limão, ou misturar água com gás com sucos concentrados. Os sucos naturais sem açúcar também são boas alternativas, mas as frutas frescas são sempre as melhores opções. (Com informações do portal Tua Saúde.)

 

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha