Notícias

Imagem

Filiados da DS Curitiba participam da Assembleia Unafisco Saúde

A pauta da reunião, que ocorreu de forma telepresencial, era o reajuste dos planos de saúde dos beneficiários
 
Na tarde desta sexta-feira, 26 de junho, os filiados da Delegacia Sindical de Curitiba do Sindifisco Nacional puderam participar da Assembleia Unafisco Saúde, que ocorreu na modalidade telepresencial devido às medidas sanitárias para evitar a proliferação do coronavírus. A assembleia tratou sobre o valor do reajuste no plano de saúde dos beneficiários. Quatorze filiados participaram da votação, que escolheu por oito votos a seis a primeira opção, em que o produto Premium I teve reajuste de 15,97%. O resultado será somado a votação das demais Delegacias Sindicais do país.
 
Entre as opções de reajuste dos planos de saúde estavam dois cenários: a primeira, que foi escolhida pelos filiados, considerava o momento atual dos produtos, sendo proposto um reajuste de 15,97% para o Premium I e 4,75% para os demais (Premium II, Unique, Soft e Soft Participativo); o segundo previa a possibilidade de utilização das reservas acumuladas do produto Premium, caso seja necessário, propondo o reajuste mínimo de 6,88% para o Premium I, 5,30% para o Premium II, 4,75% para o Soft e 3,56% para o Soft Participativo.
 
No dia 23 de junho o Unafisco Saúde promoveu um webinar para tirar dúvidas dos beneficiários. A assembleia desta sexta foi realizada por meio de um aplicativo de webconferência, juntamente com a ferramenta disponibilizada pela Diretoria Executiva Nacional (DEN) para a votação. Para participar, os filiados deveriam acessar a área restrita no site do Sindifisco Nacional ou então baixar o aplicativo da entidade no celular. O beneficiário do plano então escolhia entre as duas opções de reajuste ou então abstenção. Cerca de 175 filiados são titulares dos planos, mas só 14 participaram.
 
O resultado final sobre a escolha do valor do reajuste será divulgado nos próximos dias e passará a ser descontado a partir do contracheque de julho e pago em agosto.
 
Preocupação das DS
 
Na última semana, doze Delegacias Sindicais, entre elas a DS Curitiba, solicitaram acesso a ferramenta de votação da DEN para analisarem a viabilidade da realização da assembleia e também da garantia de voz e voto aos filiados.
 
De acordo com o presidente da DS Curitiba, Celso José Ferreira de Oliveira, as assembleias telepresenciais são uma excepcionalidade do momento que enfrentamos. “Diferente do que tem tentado afirmar a DEN de que a Assembleia de 25/09/2019 teria autorizado a realização de assembleias telepresenciais e não somente o fornecimento da ferramenta, é importante afirmar que a assembleia somente pode ser realizada na modalidade telepresencial por autorização legal da Lei nº 14.010/2020, que dispõe sobre o Regime Jurídico Emergencial e Transitório das relações jurídicas de Direito Privado no período da pandemia da Covid-19, que trata das assembleias em seu art. 5º”, explica Celso.
 
Saiba mais sobre o pedido das Delegacias Sindicais quanto ao acesso da ferramenta da DEN clicando aqui.
 
Categorias:

Comente esta notícia

código captcha