Notícias

Imagem

Em solenidade prestigiada, Diretoria da DS/Espírito Santo comemora posse

Após a apresentação da diretoria, o ex-presidente Adriano Corrêa foi homenageado.Na última quarta-feira (19/2) ocorreu a solenidade de posse da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal da DS/Espírito Santo eleitos para o biênio 2014/2015. O evento foi prestigiado por cerca de cem auditores-fiscais e contou com a presença de lideranças sindicais de outros estados, de outras categorias e de dirigentes da Receita Federal.
 
Homenagem
 
Após a apresentação de cada um dos diretores e dos conselheiros fiscais eleitos, a diretoria eleita homenageou o ex-presidente da DS, Adriano Corrêa, que conduzira o Sindicato nos últimos oito anos, com a entrega de placa, na qual se consignou o reconhecimento dos filiados pela dedicação, compromisso, generosidade e incansável atuação sindical do ex-presidente à frente da DS/Espírito Santo.
 
Princípios ameaçados
 
Em seu discurso (confira o discurso aqui), o presidente Leonildo Soares Júnior discorreu acerca de três princípios destacados no Estatuto do Sindifisco Nacional: o princípio republicano, o princípio democrático e o princípio da solidariedade. Em seguida, alertou para os riscos, perigos e a ameaça à plena vigência de cada um deles. 
 
Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da DS/Espírito Santo.O princípio republicano está em cheque pela adoção pela RFB do sistema de metas quantitativas para avaliação de desempenho funcional, porquanto tais metas aviltam e amesquinham o pleno exercício das atribuições do cargo. 
 
O princípio democrático implica em acatar as decisões da maioria, mas também garantir os direitos e prerrogativas da minoria. No Sindifisco, a maioria comunga das idéias e propostas da oposição, que amealhou 51,5% dos votos nas últimas eleições. Urge que a DEN promova a abertura de espaço democrático e participativo. 
 
Por fim, o princípio da solidariedade, que está sob o mais forte ataque, com o longo, contínuo e gradual desmonte do sistema previdenciário, acentuado com a implantação do Funpresp. 
 
Várias lideranças de outras DS prestigiariam a posse da nova diretoria.Marcaram presença o presidente da DS/BH, Luiz Sérgio da Fonseca Soares, o diretor de Comunicação da DS/Brasília, Helder Gondim, o presidente e o diretor de Comunicação da DS/Campinas /Jundiaí, Alex Takahashi e Paulo Gil Introíni, o ex-presidente da DS/CE, Marcelo Maciel e o candidato pela Chapa 2, Marcelo Lettieri, o presidente e o diretor de Aposentadorias da DS Curitiba, Joel Delmar e Hans Klug, o presidente da DS/Florianópolis, Roberto Alvarez, o auditor-fiscal da DS/Itajaí, Ernani De Matte, o presidente da Junta e auditora-fiscal da DS/Joinville, Paulo D’Ávila e Rosiris Barbosa, o diretor de finanças da DS/Maringá, Laurel Martins, o candidato da chapa 2 da DS/Niterói, Giovaldo Freire, a presidente da DS/PA/AP, Ana Célia da Silva, o presidente da DS/Ribeirão Preto, Francisco César, o diretor jurídico, os ex-presidentes e ex-diretor da DS/Rio, Marcílio Ferreira, Alexandre Teixeira, Vera Tereza e Olavo Porfírio, o presidente da DS/Salvador, Luiz Cláudio Martins e a vice-presidente da DS/Varginha, Maria Regina de Souza.
 
Também prestigiaram o evento diversos auditores-fiscais de outras regiões fiscais que compõem o grupo de trabalho de manuais aduaneiros, o presidente da Anfip/ES, José Geraldo Ferraz, a presidente da Delegacia Sindical de Vitória do Sinait, Valnete Freitas, o inspetor-adjunto da Alfândega do Porto de Vitória, Jaques Mauro e o ex-subsecretário de Fiscalização, Caio Cândido. O Inspetor da Alfândega do Porto de Vitória, Flávio Coelho, e o delegado da Receita Federal, Luiz Bosser, justificaram as ausências, em razão de participação em reunião de serviço na sede da superintendência, no Rio de Janeiro. A DEN, embora convidada com antecedência, não se fez representar.

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia